Gourmetidos

Aventuras o roteiro gourmet intinerante dos nossos editores

veja mais aventuras

Um mergulho na Culinária Francesa

por Redação / Última Atualização em 10 de agosto de 2014

Aproveitando que nossa última matéria foi no bairro de Gambetta, em Paris, queremos explorar mais um ponto importante do lugar; a culinária. Andar por este bairro é se aproximar do cotidiano dos franceses,  afastando-se da badalação turística. Em suas principais avenidas, além dos serviços oferecidos como lavanderia, boulangerie (padaria), patisserie (pastelaria), o que mais se destaca é o que o bairro oferece de melhor: Produtos de terroir, ou seja, produtos da terra, tipicamente franceses, vindos das regiões agrícolas. Mesmo em uma cidade Cosmopolita como Paris, os moradores não abrem mão do consumo de seus produtos regionais que passam por vinhos, queijos, geléias, frutas, legumes, dentre outros. Encontramos uma loja especializada em produtos quentes e práticos, tipo de culinária preferida pelos franceses.

Nessa loja é possível encontrar uma espécie de buffet que oferece grelhados, maionese, salada, embutidos, saucisse (salsichas), presunto Jamon Serrano (tipo de presunto apreciado como prato de entrada), lombos e pernil de porco (feitos com tradição), pernil de cordeiro…

…e a febre nacional: TERRINE.

A terrine é um prato fixo na mesa dos franceses. Esta palavra deriva do francês Terroir (terra), fazendo referência ao material original (barro) usado na confecção dos potes que acomodavam a preparação. Geralmente os ingredientes usados são moídos (ou processados) e podem ser únicos ou podemos combiná-los: carne bovina, suína, de aves, envolvendo-as no bacon ou em toucinho defumado. Também é possível incrementá-las com peixes, frutos do mar e até com legumes, só que eles serão preparados na forma de musse.

à esquerda:Terrine com Pimenta Verde; à direita: Terrine de Coelho ou Pato

Podem ser servidas como entradas ou pratos únicos, acompanhadas de saladas ou pão. A maioria das Terrines são montadas em diversas camadas de diferentes ingredientes, dando um colorido atraente nas prateleiras.

Os franceses optam por fazer uma refeição mais pesada no começo da noite, então durante o almoço preferem uma salada, pães (baguetes), terrines e quiches.

Um passeio turístico calmo, um mergulho na tradição francesa, nesse charmoso bairro de Paris.

por Ana Márcia e Virgínia Duan

Fotos: Marc Whitehead e  Ana Márcia

1 Comentário:
  • María José Núñez em 05/04/2012 22:27 comentou:

    Oi. Obrigada pela reportagem. Fiquei surpresa ao ver a foto do “presunto serrano”. “El Pozo” é uma reconhecida empresa espanhola :=) Gosto de constatar que os franceses apreciam a gastronomia dos vizinhos. As vezes tenho saudades do jamón serrano (melhor se é jamón ibérico), na Paraiba nâo é fácil encontrá-lo…

Deixe seu comentário:

1

comentário
Imprimir