Gourmetidos

Aventuras o roteiro gourmet intinerante dos nossos editores

veja mais aventuras

Uma vida em João Pessoa

por Redação / Última Atualização em 4 de janeiro de 2013

 

João Pessoa é uma cidade que inspira amor em cada esquina. Diferente de muitos lugares do nosso país, ela consegue atingir o equilíbrio perfeito entre a agitação e a tranquilidade. A atmosfera turística proporciona aos moradores uma qualidade de vida ímpar. Imaginem um lugar onde diariamente você possa se deparar com um mar esverdeado, gastando no máximo 20 minutos para chegar ao seu destino. Imaginem pessoas exercitando-se na pracinha do bairro, toda equipada especialmente para os moradores. Imaginou? Pois esse lugar existe e deixa eu te contar mais um segredo? Lá o sol nasce primeiro.

Caminhando na orla já consigo sentir a paz emanada pela praia e sua brisa refrescante. Somos privilegiados: temos um pouco da magia do interior em uma cidade grande. Viver em João Pessoa é andar na calçadinha, comer uma tapioca assistindo apresentações de grupos de rua. É tomar um sorvete com os pés no mar.É vivenciar o encontro do passado e do presente no centro histórico da cidade.É aplaudir o encontro de diferentes gerações em um desfrute comum no sabadinho bom na Praça Rio Branco. 

E depois de tanto sambar, a gente ainda toma um caldinho revigorante para seguir com nossa jornada.

 Mas não pensem que esqueci de apreciar o artesanato que é feito com tanto amor e competência pelo povo de João Pessoa, retratando nossa cultura que nos enche de orgulho!

Saio do Centro em direção à Estação Cabo Branco. Vejo a Lagoa, ponto referência da cidade, que apesar de não tão cristalina como mostram as fotos, reflete o que há de mais bonito por aqui: o verde. Ouvindo no carro as “pratas da casa”, estaciono na Estação Ciência e percebo ali o progresso tecnológico nas entranhas de João Pessoa. Não me assusta, pelo contrário, me alegra. Vejo que minha cidade tem como mandamento severo o verbo compartilhar. Mais um cantinho oferecido à população, mais uma oportunidade de proliferação da cultura e aquilo faz com que me emocione mais uma vez. 

Ah, mas se de repente enjoarmos do discurso rotineiro, apesar de belo, dos lugares centrais da cidade? Então que tal nos afastarmos do pique e nos aventurarmos em um passeio por outras praias? Quando pensamos que não há mais nada que possa nos emocionar, eis que chegamos à Barra de Gramame e presenciamos o apaixonante encontro do rio com o mar. Uma confusão de águas, uma passeio de barco, um caranguejo no mangue… É impossível não percebermos que fomos abençoados com esse paraíso local.

De dia somos escravos da beleza hipnotizante de João Pessoa e à noite? Sem sair do bairro, vejo shows de bandas locais no circuito das praças, divulgação da cultura da terra é marca registrada do lugar que é a porta do sol. Movimento varadouro, bandas alternativas e uma pitada de juventude com consciência social. Vejo um futuro melhor se aproximando.

Se a fome bater, nada de desespero! Minha cidade é perita no quesito “bucho cheio”, como dizemos por aqui. Da comida japonesa à uma maravilha de feijoada, um quintal arejado, uma sombra agradável e água na boca pra abrir o apetite.

Compartilho da política da felicidade e depois de andar muito por esse Brasil, vejo que no momento, lugar melhor não há pra ser feliz. Aqui não é propaganda enganosa não, é a natureza perfeita diante dos nossos olhos.


2 Comentários:
  • Marceli Migliatti Moreira em 09/11/2012 22:52 comentou:

    Realmente, João Pessoa é isso e muito mais. Estou aqui de férias com o meu marido e estamos encantados com a hospitalidade paraíbana e com a beleza da cidade. Recomendo a todos que visitem João Pessoa assim que puderem!

  • Marceli Migliatti Moreira em 09/11/2012 23:02 comentou:

    Realmente, João Pessoa é isso e muito mais. Estou aqui de férias com o meu marido e estamos amando! Recomendo a todos que venham visitar!!!

Deixe seu comentário:

2

comentários
Imprimir